Mandela não é um Patrimônio Cultural da Prússia!


Iniciativa de negros na Alemanha ( ISD )

Iniciativa de negros na Alemanha ( ISD ) contra a Praça Nelson Mandela no “Fórum Humboldt”, embaixada sul- Africano preocupada.

Grupos de membros da aliança ONG internacional “Não Humboldt 21″ ea Iniciativa de Negros na Alemanha ( ISD- Bund ) protestam veementemente contra a tentativa de uso no nome de Nelson Mandela para melhorar polir a imagem do Fórum Humboldt no castelo dos governantes coloniais prussianos , que em 2019  exporá os tesouros culturais pilhados de todo o mundo que se encontram na Alemanha..

” Stiftung Zukunft Berlim” (fundação)  participante do “Fórum Humboldt” já havia anunciado para o mundo com muita propaganda, a pretensão de nomear seu espaço como“ Praça  Nelson Mandela”, já algumas horas após a morte do combatente da liberdade.

Isso foi feito sem qualquer envolvimento das organizações de auto-defesa dos negros e povos africanos de Berlim, que juntamente com muitas organizações de desenvolvimento exigem há muitos anos, o exame crítico do tráfico humano prusso-brandenburgo nos séculos 17 e 18, bem como a mudança de nome racista e colonial de Mohrenstrasse( rua dos Mouros) e a estação de metrô de mesmo nome em Berlin- Mitte para  Nelson Mandela-Strasse.CollageUmbenennungMohrenstraße

A embaixada Sul-Africano , aparentemente, não foi incluída na idéia. Mas pudemos tomar conhecimento da opinião diplomática que a aliança “Não Humboldt 21” recebeu mediante solicitação às 13:12 :

“A Embaixada da África do Sul tomou conhecimento sobre o debate sobre a nomeação da nova praça em frente ao castelo , em Berlim -Mitte para Nelson Mandela:

Embora a decisão sobre a nomeação de locais públicos , ruas, edifícios oficiais e similares de responsabilidade exclusiva das autoridades da cidade de Berlim, a Embaixada da África do Sul espera que que a integridade e a herança de Nelson Mandela sejam levadas em conta na decisão, especialmente no que diz respeito às suas posições claras em questões como o colonialismo, o racismo, a escravidão, a exploração cultural e material, bem como o respeito pela herança cultural dos povos e nações da África.

Aembaixada considera que também seria de se esperar, que tal decisão fosse feita somente após um debate aberto , rigoroso e transparente com todas as partes da cidadania de Berlim, a fim de que todos nós possamos ter certeza de que o nome de Nelson Mandela e os ideais pelos quais ele se levantou, permanecem impecáveis e sem danos.”

Tahir Della , membro do conselho da iniciativa de pessoas negras na Alemanha ( ISD- Bund ) acrescenta: “Nós compartilhamos a irritação e preocupação da embaixada sul-Africano. Para nós, equivale a uma rejeição demonstrativa dos ideais de Mandela , quando a nossa antiga reivindicação de mundança do nome “Moherenstrasse” para “Nelson Mandela-Strasse” seja tomada ee determinada pelo Fórum Humboldt:

Madiba não é um Patrimônio Cultural Prussiano ” !

Galeria de fotos retiradas da internet que demonstram a persistência no imaginário acadêmico alemão, dos conceitos coloniais, ao tempo da partilha de África pelos poderes coloniais na Conferência de Berlim de 1884-saiba mais

Ata da Conferência de Berlim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s