A carta de Neymar: Cidade que é mais que uma cidade, é uma pátria. Amo Barcelona e Catalunha.


Por Marcos Romão e Deley do Acari

neymar_javi_echevarria-155_-_copia_javi-echevarria_divulgacao

Neymar-foto javi-echevarria_divulgacao

Com 25 anos de idade o atleta Neymar da Silva Santos Junior, o Neymar camisa 10, alcança uma maturidade, que o poeta e treinador de jovens talentos do Acari, Wanderley Cunha o Deley do Acari, nos chama a atenção:

“NEYMAR&INDEPENDÊNCIA DA CATALUNHA…

Tem muita gente aí detonando o Neymar por ter saído do Barcelona e ido pro PSG. Gente que não acompanha os bastidores do futebol e gosta de fazer discursos pretensamente radicais levianos.

Mesmo depois de ganhar 8000 por mês aos 14 anos, Neymar nunca deixou de ter posições independentes e ser solidário. muitas vezes usou o prestigio que conseguiu pra comprar briga de jogadores menos afortunados que ele.

Que gente que ouviu a leitura da carta de despedida dele para o Barça e achou demagógica, hipócrita…

Mas que necessidade tinha um cara rico e super craque como ele defender explicitamente a independência da Catalunha. Barcelona é mais que uma cidade, é a capital de um país, uma entre outras frases que ele deixa claro sua posição com relação a luta do povo catalão.

Levantam duvidas de que ele não é intelectualmente capaz de escrever um carta tão bem escrita como aquela.

Quem sabe o quanto 3 anos de vivencia numa cidade e com o povo como o catalão pode fazer na vida e na cabeça de um garoto safo como ele?”

O poeta Deley tem razão; Estamos acostumados no Brasil a tratarmos nossos ídolos como bibelôs que não escrevem e não falam. Mas estamos em um mundo de informações  globalizadas. Neymar parece ser um exemplo de que a ilha de informações, chamada Brasil, não consegue mais impedir que seus atletas rompam com o silêncio imposto a eles, pelas elites, e linguagem de bom tom das mídias brasileiras, que diz que atleta bom é atleta calado. Estamos curiosos sobre o que vem por aí no futuro, não só dos pés, mas da boca de Neymar.

Abaixo a íntegra de sua carta compilada da TSF Rádio Notícias

A vida de um desportista move-se por desafios. Alguns são impostos, outros são fruto das nossas decisões.

O Barcelona foi mais que um desafio. Foi um sonho de criança que jogava com aqueles craques na consola. Cheguei à Catalunha com 21 anos, cheio de desafios. Recordo os meus primeiros dias no clube, partilhando o balneário com ídolos como Messi, Valdés, Xavi, Iniesta, Puyol, Piqué, Busquets e outros, com a expectativa de jogar num clube que é “mais que um clube”. O FC Barcelona é uma nação que representa a Catalunha!

Tive a honra de atuar com o maior atleta que vi na minha vida e estou seguro que não verei outro melhor, Messi converteu-se no meu companheiro, amigo, dentro e fora do terreno de jogo. Orgulhoso de jogar contigo.

Formei um ataque com Leo Messi e Luis Suárez que ficou para a história. Conquistei tudo o que um desportista pode conquistar. Vivi momentos inesquecíveis. Vivo numa cidade que é mais que uma cidade, é uma pátria. Amo Barcelona e Catalunha.

Mas um desportista precisa de desafios. E pela segunda vez na minha vida irei contra o meu pai.

Pai, entendo e respeito a tua opinião, mas a minha decisão está tomada, peço-te que apoies como sempre o fizeste.

O FC Barcelona e a Catalunha estarão sempre no meu coração, mas necessito novos desafios. Aceitei a proposta do PSG para procurar novas conquistas e ajudar o clube a alcançar os títulos que os adeptos esperam. Apresentaram-me um plano de carreira ousado e vejo-me preparado para este desafio.

Agradeço o carinho da afición blaugrana e todo o que aprendi com os desportistas com quem partilhei balneário.

Assim, sinto no meu coração que chegou o momento de ir-me. O PSG será a minha nova casa durante os próximos anos e trabalharei para honrar a confiança que depositam no meu futebol. Conto muito com o apoio de todos. Adeptos, amigos, profissionais que me acompanham e minha família, que sofreu muito com os problemas que ocorreram durante este período da minha carreira e merecem paz.

É uma decisão difícil, mas tomada com maturidade dos meus 25 anos.

FC Barcelona, obrigado por tudo!
PSG, cheguei!

Que deus nos abençoe e nos proteja

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s