O TERRORISTA NEGRO


Trdução do texto promocional Yure Romão

ADDI BÂ
” TERRORISTA NEGRO”
RECOMPENSA: 200 000 FRANCOS
28 ANOS DE IDADE
Este filme baseado no livro de ficção baseado em história verdadeira, restitui o percurso de Addi Bâ, um jovem guineense nascido em 1916, que instalou-se na França aos 13 anos de idade. Soldado durante a Segunda Guerra mundial, ele entra para a “Resistência” e cria o primeiro grupo de resistência em Vosges em 1942. Premiado pelo Grande prêmio du roman métis 2012, pelo Grande prêmio Palatine du roman historique 2013 e pelo Prêmio Ahmadou Kourouma 2013.

Tudo começa nos arredores da floresta de Vosges nos anos 1940, quando um pai e seu filho partem colher cogumelos e encontram por acaso um jovem negro dormindo ao pé de uma arvore. Levado até o vilarejo, este jovem guineense austero e charmoso adotado na França aos 13 anos, gera um rebuliço na pequena cidade. Mas isso é somente o começo: em 1942, ele entra em contato com a Resistência e cria um dos primeiros grupos de resistência da regiao. A procura de seus rastros, os alemaes o chamarao de “O terrorista negro”. Quem traiu Addi Bâ? Uma de suas numerosas amantes? Um colaborador profissional? Ou simplesmente a rivalidade entre duas familias que se odeiam ha seculos? A partir deste personagem fascinante, assistimos a todo um capitulo desconhecido de nossa propria historia: o episodio dos atiradores senegaleses. Da mesma forma, adentramos a vida quotidiana da populaçao de Vosges, evocada por Tierno Monénembo a partir de uma escrita irresistivel… como se ele descrevesse um vilarejo africano,

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s