E a esquerda francesa, vai votar em quem? Mélenchon diz que cada apoiador seu, sabe a sua responsabilidade .


A Esquerda Francesa vai votar em quem, na peste ou na cólera? Mélechon diz que não fala em nome de seus apoiadores. Diz que cada um sabe a sua responsabilidade.

NOTA do Editor  Mamapress:

romao eleiçoes

Editor da Mamapress vota para as

Como franco-brasileiro, eleitor de Mélechon no último sábado, aqui no consulado francês do Rio de Janeiro, sei do que ele está falando.

Como eleitor de eleições no Brasil, sei que parece estranho para um eleitor brasileiro, a abstenção da declaração de voto, de um candidato, que não diz para seus eleitores em quem votar em eleições tão decisivas.

Aqui no Brasil, a passagem de votos feudais e de cabresto, faz com que candidatos fora do páreo, deem ordens aos seus eleitores para ajudarem a eleger até postes.

Acontece que a “França Insubmissa” é um movimento de baixo para cima, e de comando horizontal, em que cada voto é uma sentença e cada decisão vem em tese de uma cabeça. Candidatos se propõem a serem porta-vozes de um consenso nem sempre consensual, e não são donos de currais eleitorais que lhes possibilitem barganhas individuais futuras, que traiam os movimentos sociais, como aqui no Brasil se costuma fazer e estamos vivendo.

Muitos eleitores de Mélenchon afirmam, que estão diante de uma escolha entre a cólera e a peste. Não chego a este ponto, se Macron é peste ou cólera, como um negro franco-brasileiro, que conheço bem o que o fascismo é e pode fazer para a destruição não só da França mas do mundo, Le Pen, com seu pensamento e ideologia, é a própria representação da morte.

Pessoalmente, como um velho pensador matuto, que desconfia ter ditaduras camufladas, posições autoritárias, imaturas, raivosas  e individualistas, até nas decisões consensuais e horizontais nas comunas, que se iludem em imaginar que existam decisões coletivas e democráticas, sem manipulações de pequenos grupos antidemocráticos especialistas e “criarem opinião coletiva”, não vou me abster, meu voto é contra a extrema direita, o nazismo e o racismo representado por Marie Le Pen.

Macron é passageiro, Le Pen é o Trem da Morte! Marcos Romão

melenchon-119-_v-modPremium

Quem será o futuro presidente ou presidente francês? Os eleitores do candidato derrotado Mélenchon devem agora escolher entre Le Pen ou Macron – para muitos uma escolha entre a peste e cólera. Mas suas vozes são importantes.

Por Kathrin Hondl, ARD Estúdio Paris do original

O candidato do movimento “La France insoumise”, “A França insubmissa”, Jean-Luc Mélenchon recebeu mais de sete milhões de votos. Segundo as pesquisas, particularmente entre os jovens eleitores de esquerda obteve um grande sucesso. De acordo com pesquisas, 30 por cento dos que votaram para Mélenchon, tinham entre 18 e 24 anos de idade, significativamente mais do que para Emmanuel Macron e Marine Le Pen, os finalistas da eleição presidencial.

Mas agora a “França indomável” tem apenas uma escolha :
Macron ou Le Pen.
“Acho que agora precisamos escolher Macron”, disse um jovem eleitor de Mélenchon na noite da eleição. “Muitos acreditam agora que não é necessário, porque o resto da França vai fazê-lo. Mas, se todos pensarem assim, nos arriscamos a termos uma surpresa desagradável.”

Mélechon não assume nenhum posicionamento contra Le Pen

Diferentemente da maioria dos outros candidatos presidenciais fora do páreo que apoiam Macron contra Le Pen, Jean-Luc Mélenchon recusou-se a emitir uma recomendação para o segundo turno.
“Cada um de vocês está ciente do que é o seu dever. Eu me mantenho distante e não me manifesto, em nome dos 450.000 que apoiam o nosso movimento na Internet”, disse o político.melenchon-117-_v-videowebl

Em vez disso, simpatizantes Mélenchon, , agora estão lá apenas para votar no site da “France indomável”, como eles querem se posicionar no dia do segundo turno.
Os resultados da pesquisa são esperados até o final da semana.
Para muitos eleitores de Mélenchon, no entanto, o prazer de votar parece ter passado. Sob o hashtag #Sansmoi7mai ( Sem mim no 7 de maio), eles defendem no Twitter abasterem-se na eleição.
“Nem praga nem cólera. Abstenção”, dizem, por exemplo. Ou: “Nenhuma escolha entre duas formas de fascismo”.

Ambos inelegíveis para a esquerda

Para muitos adeptos do crítico do da União Eurpéia, o esquerdista Mélenchon, amigo da Europa e social-liberal Macron parece tão inelegível como a extrema-direita Le Pen.
Ele poderia concordar em princípio para qualquer um deles, diz o motorista de táxi parisiense Mohamed. Boris, que trabalhou na plataforma de campanha de Mélenchon, se sente da mesma maneira: “Macron é pela ‘Uberização’, pela perda de soberania nacional para as instituições europeias, é contra o imposto sobre a propriedade, o capitalismo financeiro, a liberalização do mercado de trabalho – ele é por toda políticas e idéias econômicas que rejeitamos totalmente “.

Então, só à primeira vista, parece paradoxal que agora é precisamente a direitista Le Pen que esteja cortejando os mais de sete milhões de eleitores do esquerdista Mélenchon.
“Eles são os eleitores irritados”, disse o funcionário do Front-Nacional Steeve Briois.  “Eles concordam com a gente.”

E a própria candidata mesma, concentra-se particularmente na reta final da disputa eleitoral, na mobilização de todos os críticos da globalização, não importando a coloração ideológica ou o partido que pertença.

Sua mensagem para as próximas duas semanas, diz Marine Le Pen:

“Esta eleição presidencial é um referendo a favor ou contra a globalização desenfreada.”
Pesquisas de opinião mostram apenas, que um máximo de doze por cento dos eleitores de Mélenchon poderiam imaginar votar em Le Pen. Mais da metade pelo contrário, pendem para Macron, na opinião dos pesquisadores.

A campanha eleitoral até o segundo turno em 7 de maio, é também uma batalha feroz para os votos da “França indomável”.

Saiba mais sobre o posicionamento do núcleo duro da ” França Insubmissa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s