Senador Caiado ataca os índios até no carnaval


caiado-x-imperatriz-840x440Do original SRZD

Apesar do país estar mergulhado em denúncias de corrupção, lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e muito mais para investigar, o Senado amplia o foco e agora quer dedicar parte do seu tempo na proposição de abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a escola de samba carioca Imperatriz Leopoldinense. A iniciativa é do senador Ronaldo Caiado (DEM), tradicional defensor dos interesses dos ruralistas.

O parlamentar não gostou do enredo da escola que sai em defesa das comunidades do Xingu e compara a usina de Belo Monte a um ‘Belo monstro’. Ele quer uma devassa “para discutir, debater e descobrir os financiadores da Imperatriz Leopoldinense e os interesses em denegrir o agronegócio”. A suspeita do senador goiano é que grupos ainda desconhecidos estejam financiando a Imperatriz e a usando como instrumento contra o agronegócio brasileiro.

Em defesa dos agropecuaristas, o senador Ronaldo Caiado soltou: “com tantos problemas no país, que sofre com traficantes, bicheiros e facções, causa perplexidade uma escola de samba atacar o agronegócio, orgulho do País, que é o único setor que gera tantos resultados positivos”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s