Hoje morreu meu amigo Klaus-Dieter, a sogra autodeclarada de todos os meus amores


Por Marcos Romãoklaus-corredor

Klaus-Dieter Heymann, profissão declarada inspetor de escola, desempregado ativo e profissional desde que o conheci em 1989 em Berlim, era um seguidor do Deus Dionísio, um gozador da vida.

Ele me escolheu para ser seu parente assim que botei o pé na Alemanha, quando participei com ele de um seminário de massagem tantra e depois fomos conhecer o Guru Sai Baba que visitava Berlim.

papoula-moema-em-berlim

Um Arco-Íris atravessou nossas vidas

Adotou todas minhas filhas e filho, que sempre pernoitavam em sua casa, quando tinham atividades em Berlim. Visitou várias vezes minha mãe e meu pai e toda a minha família em Niterói. Na casa da minha primeira ex-dama, ele tinha um lugar cativo em Santa Teresa. (Maria Goretti, não se ofenda é só uma figura literária).

Segurou pileques de cervejas dos meus filhos mais velhos e só me contou meses depois.

Klaus era muito amado por minhas crianças.

romao-embaixada-2

Klaus me deixava impecável cada vez que eu ia à embaixada brasileira, que ele dizia que tinha menos preto que a embaixada de Pequim.

Klaus entendia muito de política mundial,  foi o primeiro candidato a senador do partido verde em Berlim, numa época em que até em Berlim, bicha era bicha mesmo, sem os eufemismos modernos.

Me aconselhou a ficar na Alemanha, quando teve contato com as tropas de comissários sindicais brasileiros, que passavam por lá e lhe perguntavam onde eram as lojas de locomotivas miniaturas. Me disse, “são iguais ao pessoal do Lech Wałęsa, tão indo com muita sede ao pote, não vai dar certo.” Ele me disse em 2004.klaus-ortrun-sans-soussi

Tinha um olho certeiro que definia as companheiras que tive ao longo da vida, e as ajudou a compreender minhas burrices e irascibilidades.

Ortrun Gutke ele também adotou, e como os dois são Virgens, a orientou muito bem sobre como lidar comigo. E lá se vão 16 anos de amor e confiança.

Amei muito este homem, com quem conversava 2 a 3 dias seguidos no seu apartamento em Berlim. Como é bom para um homem ter amigos homens com quem possa conversar.
Klaus nos deixa levando segredos, menino de 5 anos quando acabou a guerra. Como seu parente, me pediu para contar aos poucos e em conversas privadas com amigos comuns.laus-romao-esquina

Amo você meu amigo, sei que você não queria ficar preso às máquinas. Como budista, você sabia meditar na passagem do que chamam morte.

“Es zieht”. “Tá ventando”.  Aprendi a fechar as janelas com o vento de Berlim.

Nesta madrugada de sábado, 21.10, no Viradouro, veio um vento de Moscou que passou por Berlim e abriu todas as minhas janelas em Niterói.

klus0romao-computer-1.jpg

Quase Senador Klaus-Dieter e a Encarnação de Sai Baba Marcos Romão

Levantei com Ortrun e comemoramos a passagem rápida de nosso amigo Klaus-Dieter Heymann. Ele era apaixonado por Murah Soares e Mãe Beata de Jemanjá.

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Hoje morreu meu amigo Klaus-Dieter, a sogra autodeclarada de todos os meus amores

  1. É cheguei a vê-lo algumas vezes em Niterói morando lá no apartamento com a madame Aurore, que Também gostava muito dele, boa gente. Meus sentimentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s