Grupo terrorista brasileiro dança ao tentar comprar via internet, AK47 no Paraguai


Fonte: Arte-info

Planejavam atentados e usaram “Telegram e “Whatsapp” como verdadeiros diletantes cibernéticos brasileiros.

Dançaram ao tentarem comprar armas no Paraguai, através de páginas anônimas na internet.

Não há informações se usaram cartões de créditos pessoais.NR

olimpiadas sibol

Presos dez suspeitos de planejarem ataques terroristas durante os próximos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.
Um grupo de brasileiros havia planejado a compra de armas, alguns dos suspeitos tinham jurado fidelidade às milicias do Dschihad do Estado Islâmico (IS) na Internet,
afirmou o ministro da Justiça brasileiro Alexandre de Moraes, nessa quinta-feira em Brasília.
Contra os dez suspeitos brasileiros já existiam investigações desde abril, informou Moraes, em uma conferência de imprensa e emergência.
Eles pertenceriamiam a um grupo chamado “Os defensores da Sharia e tinham planejado armarem-se “, para cometer o crime no Brasil e e noutros países”.
Os suspeitos foram detidos por “planejarem realizar ataques terroristas”, iformou Moraes.
De acordo com as autoridades judiciais de Curitiba, os detidos devem inicialmente permanecer por 30 dias de prisão.
O ministro assegurou entretanto que a ameaça terrorista nos Jogos Olímpicos no país é “muito pequena”. O grupo agora desmantelado era “uma célula de amadores absolutos” e  mal organizados.
Os suspeitos tinham alegadamente comunicado entre si através do serviço de mensagens WhatsApp e Telegram.
Alguns deles juraram lealdade pela Internet, mas nenhum tinha contato direto com as milícias Dschihadistas.
O Ministro da Justiça afirmou que os suspeitos haviam acordado entre si em treinar técnicas de guerra e adquirir armas e munições.
Um dos suspeitos teria visitado um página clandestina para a venda de armas no Paraguai, para comprar um rifle de assalto do tipo AK47.
“Isso foi crucial, pois demonstra uma preparação para agir”, disse de Moraes. Mas não está claro até que ponto os planos de ataque do grupo estavam avançados, .
Na operação “hashtag” de acordo com um comunicado do Ministério da Justiça foram envolvidos 130 policiais. Além dos dez prisões, a polícia deteve duas pessoas sob custódia para interrogá-los. Havia um total de 19 buscas domiciliárias nos estados do Amazonas, Ceará, Paraíba, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro serão realizados de 5 até 21 de agosto.
Nos planos atuais, 47.000 policiais e 38.000 soldados serão mobilizados para protegerem os atletas e espectadores do grande evento, Durante os jogos são esperados cerca de meio milhão de turistas.
Na sexta-feira, o governo brasileiro anunciou que depois do ataque de Nice, iria reforçar novamente, as medidas de segurança para os Jogos Olímpicos.

No sábado, os procedimentos de emergência, foram praticados em um exercício anti-terrorista em grande escala no Rio de Janeiro.

Pela tradução: Marcos Romão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s