ACARI+20: OCUPAÇÃO NUNCA MAIS! NA VISÃO DE ARTISTAS E INTELECTUAIS QUE ATUAM EM ÁREAS DE CONFLITO ARMADO.


CCPD-Centro Cultural Poeta Deley do Acari

CCPD-Centro Cultural Poeta Deley do Acari

Por Deley de Acari, militante negro, poeta e animador cultural

Dia 23 de Abril faz 20 anos que acari foi ocupada policial e militarmente. Dois meses depois foi a vez de Lucas e VG serem ocupadas. Na madrugada de 23 de Abril de 1996, um contigente de 300 policiais civis, liderados pelo delegado, Petista, defensor de direitos humanos e ex-acessor jurídico da FAFERJ, Hélio Luz.

Em junho do mesmo ano, as tres favelas passaram a ser ocupadas por 280 pms, comandados pelo então Capitão Claudio Oliveira, hoje tenente coronel conhecido poe ser mandante da morte de juíza Patrícia Aciolli

De Acari, podemos dizer que independente do que a ocupação tenha causado à favela, no que nos afeta como artistas de comunidade foi ela ter destruído quase que totalmente a cultura popular levando a extinção de 16 quadrilhas juninas, uma folia de reis, o berço da cultura funk consciente, abortando o crescimento de pelo menos seis grupos de rep e surgimento da lei, que obrigava as associações de moradores a pedirem o nada a opor pra realização de qualquer baile em espaço fechado ou festa de rua, ao comandante do batalhão da área.
O crescimento excessivo, conservador da cutltura religiiosa fundamentalista neopentecostal.

CCPD-Centro Cultural Poeta Deley do Acari

CCPD-Centro Cultural Poeta Deley do Acari

Qual será a visão de hoje e, como atuaram, resistiram com suas artes, na época os artistas e inteletuais desses territórios ainda em conflito? E como vem atuando, resistindo com suas artes os artistas das áreas ocupadas por UPPs e até onde pretendem ir com suas atuações e resistência?

Em Acari, além de todas as perdas e danos materiais, sociais culturais e morais, tivemos centenas de vidas humanas, inclusive de jovens artistas, de forma direta ou indireta, ceifadas como consequências da ocupação: Mc Betinho, Mc Alex, Mc Jr, os graafiteiros Pato e Acerola…

Por outro lado, o sofrimento e a dor causados pela ocupação cruel e violenta fez surgir artistas como o casal Zé Luiz, mosaiquista e Maria da Penha, poeta e artesã, o grupo de rep N’ATITUDE MCs, Mcplay… da mesma forma que fez surgir Fatinha Silva na Rocinha…
Estamos pensando em aproveitar a data pra fazer uma mostra da arte dos artistas e do pensamento de intelectuais, não só de Acari, VG e Lucas, que foram desocupadas no dia 20 de Julho de 2010, mas também das comunidades UPPeizadas hoje.

Muito provavelmente no CCPD onde funcionava a temivel e sinistra base de ocupação em Acari onde funciona hoje um centro cultural.
Não demora, mais sobre…

Deley de acari, militante negro,poeta e animador cultural

Deley de acari, militante negro,poeta e animador cultural

Anúncios

2 pensamentos sobre “ACARI+20: OCUPAÇÃO NUNCA MAIS! NA VISÃO DE ARTISTAS E INTELECTUAIS QUE ATUAM EM ÁREAS DE CONFLITO ARMADO.

  1. Pingback: ACARI+20: OCUPAÇÃO NUNCA MAIS! NA VISÃO DE ARTISTAS E INTELECTUAIS QUE ATUAM EM ÁREAS DE CONFLITO ARMADO. | Q RIDÃO...

  2. Deley, que bom te reencontrar! A beleza da vida é essa, a vida passa, amadurecemos e as nossas convicções permanecem. O mundo mudou e, continuamos lutando pelos nossos ideais. Longa vida a você, velho companheiro. Vamos nos rever e lembrar dos velhos tempos do Maioria Falante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s