Garoto negro pendurado pelos pés, em propaganda para crianças em loja da “Reserva” no Shopping Rio-Sul


por Marcos Romão

UM modelito de jovem negro pendurado pelos pés amarrados por cordas, está exposto na loja da Cadeia RESERVA no Shopping do Rio Sul.

O Sos Racismo Brasil recebeu a informação de Douglas Soares de um caso de racismo em propaganda na loja Reserva, no Shopping Rio Sul no Rio de Janeiro, junto com a foto do crime e um comentário:

“RESERVA-mau gosto pra montar vitrines e mandar mensagens.”

negros pendurados

RESERVA-mau gosto pra montar vitrines e mandar mensagens.-foto Doug

O Sos informa que já está encaminhando para o ministério público e para os grupos e instituições de direitos humanos e antirracistas do Rio para, que esta empresa seja notificada e assuma a responsabilidade civil por seus atos racistas, com o agravante de se estar dirigindo a um público infantil com uma imagem, que lembra os linchamentos públicos de jovens negros em todo o Brasil.

nota da Mamapress, recebemos do autor da foto que é somente um boneco e sua reflexão na foto. Desculpe-nos pela falha ótica da matéria original

 

Anúncios

44 pensamentos sobre “Garoto negro pendurado pelos pés, em propaganda para crianças em loja da “Reserva” no Shopping Rio-Sul

  1. Parece que o objetivo da posição era chamar a atenção do público fazendo-o ler um texto de cabeça pra baixo que está escrito no vidro que separa a vitrine do corredor. Lamentável a escolha de um manequim de cor preta por suscitar outras interpretações. O racismo envolve uma intenção deliberada de denegrir uma raça. Será que houve essa intencionalidade? Com a palavra, o ministério público.

    • Honestamente, isso é ridículo. “Garoto negro pendurado pelos pés”!? Que apelação para ganhar um clique!
      E outra coisa: “uma imagem, que lembra os linchamentos públicos de jovens negros em todo o Brasil” Não tá confundindo com história dos Estados Unidos não!?

    • Apesar de, no dicionário da língua portuguesa, estar relacionado com o ato de “fazer ficar escuro”, ou seja, “manchar” ou “tirar a transparência e limpidez de algo”, a conotação do termo ‘denegrir’ é pejorativo. Não devemos usá-lo.

  2. Na boa, isso é uma palhaçada! ! A reserva sempre colocou manequins de cabeça pra baixo e ninguém nunca falou nada. Agora só pq o manequim é preto eles fazem esse estardalhaço. Completamente desnecessário, tudo querem polemizar e levar pra esse lado de racismo e tudo mais.

    • todos que lutaram contra o racismo foram considerados polêmicos, tão polêmicos que alguns foram perseguidos, torturados e mortos, pois estavam polemizando demais.
      Francamente!!!!

    • Polemizar esta é a razão dos racistas e preconceituosos, só faltou dizer que racismo é coisa da cabeça de preto. Racistas sim, pois essa era uma das formas de tortura pelos quais o povo negro passou/passa desde sempre da escravidão do século passado até as de hj em dia, com a violência, em especial da Juventude Negra. Procura se informar e depois vem aqui dizer que “querem polemizar e levar pra esse lado de racismo e tudo mais” interpreta sua fala e depois veja quem quer polemizar

      • A escravidão do século RETRASADO você quer dizer.
        Uma pergunta: você considera ser possível que, em algum momento, você se enganasse e visse racismo em um caso particular, e depois de pensar bem concluísse que naquele casa específico, na verdade não havia racismo?

      • Com certeza muitos brancos também já foram torturados assim também. Na Europa existiam escravos brancos, negros e de toda cor/raça. Como disseram ali em cima, em outras lojas da mesma rede tem-se manequins brancos dessa forma. Aí é racismo também?

    • Concordo, isso de racismo agora por qualquer razão está demais já vi inúmeros manequins brancos sem cabeça em lojas. É o que então. Pelo amor de Deus cada um encherga aquilo que quer ou lhe convém. A tanto com o que se preocupar neste mundo que está em miséria e clamando por ajuda.

    • palhaçada é voce fala que isso é umapalhaçadas, talvez manequins brancos ou pretos pendurados pelospés não diga nada pra voce, mas manequins pretos perdurados pelospés diz muito para a comunidade negra que ainda sente o estalo da chibata nas costas, imbecil!!!

      • Escravidão negra aconteceu no século retrasado e nossos antepassados passaram por muitos sofrimentos por isso.
        *Você não passou por isso.* Você não sentiu nem sente “o estalo da chibata.”
        Você é um privilegiado que está chamando outra pessoa de “imbecil” na Internet, porque esse outro discorda que houve exagero e precipitação em chamar de racista uma exposição de manequins em vitrine.

      • Larga de mimimi! Isso NADA tem haver com racismo! Vcs tem q se preocupar é com o pessimo serviço de saude e educação no Brasil! #somostodosiguais Chega de separação de raças todos tem sangue vermelho!

    • Fui no Google imagens e vi vários manequins sim, de cabeça pra baixo, mas de forma totalmente diferente desse do menino negro. Vá lá dar uma olhada. O menino está pendurado por cordas, totalmente na vertical, como se estivesse Mortinho da Silva… já os outros, estão como se fossem pessoas que estão “plantando bananeira”, com as mãos no chão e sem NENHUMA cordinha os pendurando.

    • SUAS CRIANÇAS SÃO NEGRAS OU BRANCAS ?AS MINHAS SÃO NEGRAS E NÃO GOSTARAM NADA.AS SUAS GOSTARAM?TENTA SER HUMANO E TENTE ACOMPANHAR O GENOCÍDIO QUE ACONTECE SÓ COM JOVENS NEGROS.CÊ TA DOIDO É ?, OU ESTA SE FAZENDO DE TOLO?É ATE PECADO TE CHAMAR DE ALGUMA “COISA”.

    • Essa foto tem a estética do racismo.
      Repare bem o tema atual da discussão nacional sobre Direitos Humanos e Preservação da Raça e Identidade Negra? A elite não se contentou com a escravidão e agora que tudo está vindo à tona farão de tudo para continuar a menosprezar como sempre fizeram. É uma vergonha! São uns caras de Pau!

  3. Pingback: GAROTO NEGRO PENDURADO PELOS PÉS, EM PROPAGANDA PARA CRIANÇAS EM LOJA DA “RESERVA” NO SHOPPING RIO-SUL | Black Pages Brazil

  4. Eu acho que nao seria polemizar,num país onde os negros são vistos como a bandidagem e moradores de favela,isso é uma afronta.

  5. As lojas Reserva tem uma característica única. Aqui, no meu bairro, a loja inspira uma intimamente com o público, dá gosto passar em frente à loja e sentir o perfume que emana dela. A parede como se fosse uma mata é tudo de bom e o banquinho, na frente dela, para quem quiser sentar, é marca registrada. Apenas um boneco e está polêmica. Se fosse branco, nem reparariam. Ou diriam que a loja não incentiva a miscigenação. O preconceito nasce na cabeça do homem e, desde quando, arte tem cor?

  6. Sou negro e não vi nada demais nisso, querer despertar o ódio pra motivar a sociedade a política é um ledo engano, vão trabalhar rebanho de parasitas.

    • Gostei da sua postura Henrique, tb concordo quando vc diz que não vi nada demais, eu vi apenas um manequim, e pra falar a vdd só reparei a cor por causa do título da matéria, se fosse um manequim claro não daria essa repercussão toda. Eu não acredito que uma loja faria isso de propósito pra manchar seu nome, quando o objetivo seria ganhar clientes.
      #soacho

  7. Nada, houve não. Isso é coisa da imaginação fértil das pessoas. Colocaram um boneco preto porque não tinha um branco na hora minha gente!!!! Realmente…..

  8. “Falha ótica ” !!! Que diabos é isso ???
    Aliás, a nota toda é incompreensível !!! Eh testinho mal escrito !
    “Jornalismo independente” também deve ser bem redigido. Sugiro um curso de Português, URGENTE !!!

  9. Ahhh vao se foder !!!!/racismo o caralho tudo eh racismo pra vocês… Vocês são racistas com vocês mesmos . se fosse branco não teria problema entao ??? Me poupe

    • Prezado Guilherme, o senhor pode ter a opinião que quiser. Mas exigimos a sua desculpa por nos ofender com xingamento por escrito e público, segundo o artigo 140º do código penal brasileiro. O prazo que lhe damos para retratação é de 2 semanas. Caso a resposta seja negativa. tomaremos as medidas legais cabíveis.
      Para informação: localização de sua postagem.
      IP-Adresse: 200.207.36.43
      Provider: Vivo
      Region: xxxxxx(BR) ]

  10. Acho justa a luta contra o racismo. Ainda mais no Brasil que não há um de sangue puro, de cor/ raça definida. Somos uma mistura de raças tremenda! Somos todos vira- latas! Kkkkkk Enfim, trabalho com vendas há um tempo bastante longo e conheço diversas marcas. Existem inúmeros modelos de manequim no mercado. O fato de ser um manequim preto não significa, tão drasticamente, que seja racismo. Significa que pegaram um manequim na cor preta, que deve ser o modelo usado nessa loja no Rio, para fazer um jogo de marketig. Na loja em que trabalho só tem manequins amarelos; quer dizer que somos preconceituosos por termos apenas manequins amarelos? Não teve fundamento essa foto. Sou negro e não me senti ofendido. As pessoas querem embutir preconceito em tudo o que veem. A pessoa que tirou a foto foi totalmente abrupta em relação ao racismo, que nesse caso, não existiu!

  11. A julgar pela foto e pela nota mal escrita (diga-se de passagem), a intenção na montagem da vitrine pode até não ter sido racista, mas foi de um mal gosto e de uma falta de tato tremendos!

  12. Ainda bem que a chateação está mudando de cor. Quem é branco ou candidato a, não tem linchamento na memória, aí a diferença. Pior seria a desmemória, algo desmiolado, que os racistas tentaram mas falharam. O cotidiano preconceituoso ou não suscita enfrentamentos democráticos.

  13. A arte da abertura para várias interpretações. ..cada um interpreta segundo seu conhecimento. ..e infelizmente essa foto da margem para uma interpretação negativa. ..Cabe a quem faz marketing e publicidade ter a consciência disso e refletir sobre seu trabalho antes de expor… Até por que o profissional de propaganda é quem fez a vitrine…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s