A Rabanada de Ipanema indicada para o “Guiness Records Books” como mais cara do mundo. 49,90 reais o quilo.


Rabanada de Pobre prá Rico na República de Ipanema

Rabanada de Pobre, feita  prá rico na República de Ipanema

por Marcos Romão

Vigília contra justiça corrupta

Vigília contra justiça corrupta

Depois de passar uma tarde no Quilombo do Sacopã na Fonte da Saudade, onde fui participar de uma vigília em defesa do território quilombolasempre ameaçados por picuinhas judiciais. No caminho de volta para Niterói, fui comprar um água na padaria Santa Marta que fica perto da parada de ônibus,próximo ao Quilombo em frente à Lagoa Rodrigo de Freitas. ( mapa da região do Quilombo do Sacopã)

Enquanto pegava a água vi uma bandeja exposta no balcão, com apetitosas rabanadas para atrair fregueses natalinos como eu e minha companheira Ortrun. Pedimos logo três pedacinhos para degustar na longe viagem de ônibus e barcas de volta ao Viradouro em Niterói.

Na hora de pagar, levei um susto ao ver a nota de compra dos três pedacinhos de rabanadas ao leite e da  garrafinha d´água mineral. Me senti vivendo em um verdadeiro espaço de apartheid digestivo financeiro natalino!

13,67 reais estavam ali estampados em letrinhas pequenas no recibo. Os 20 reais que dera para pagar a água com rabanadas, desapareceram com mágica.

A Mamapress já enviou para a sede do Guiness World Records Book, o pedido de inserção deste fenômeno gastronômico financeiro, que é ter na República de Ipanema, o “Pão Dormido Molhado” mais caro do mundo!

Rabanada da República de Ipanema

Rabanada da República de Ipanema

Minha mulher comentou que os pobres cavaleiros alemães, vão  morrer de fome neste natal em Ipanema.

A razão desta miséria que  os cavaleiros medievais europeus vão enfrentar nas padarias de Ipanema, é que lá na Alemanha como no Brasil nos antigamente, a rabanada feita de pão dormido era comida de pobre, que os camponeses davam como esmolas aos “Cavaleiros Andantes” empobrecidos em suas peregrinações para Jerusalém. “Arme Ritter” ou ” Cavaleiro Pobre”, ficou assim na Alemanha, como o nome popular dado à rabanada feita de restos de pães dormidos ou duros.

Aqui no Brasil, a rabanada era conhecida também como comida de pobre, até inventarem as padarias na República de Ipanema. Lá agora vigora a lei do olha quem quer e compra quem pode.

A Rabanada a preço de ouro em Ipanema. 40,90 reais o quilo na Panificação Santa Marta

A Rabanada a preço de ouro em Ipanema. 49,90 reais o quilo

Anúncios

Um pensamento sobre “A Rabanada de Ipanema indicada para o “Guiness Records Books” como mais cara do mundo. 49,90 reais o quilo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s