Mulheres não temam ser radicais


por marcos romão

Jurema Werneck, segunda da esquerda para a direita

Jurema Werneck, segunda da esquerda para a direita

Dra. Jurema Werneck foi convidada para dar uma palestra às participantes da 4a Conferência de Políticas Públicas para Mulheres de Niterói.

Dra. Jurema Batista colocou para as presentes peguntas tais como. ” por que as mulheres pretas, segundo o IBGE, morrem duas vezes e meia mais de parto, do que as mulheres de peles brancas, tratadas no mesmo sistema e com os mesmos médicos?”.

Estas e estas questões trazidas para as participantes da Conferência, poderão contribuir para a reflexão de todas nas elaborações das propostas a serem apresentadas ao governo da cidade.

Mas a palestra vai além, no vídeo podemos ver que questões de gênero eraça atingem toda a nossa vida social, e Jurema Werneck, nos aponta que a linha racial é a linha que trespassa toda a sociedade brasileira.

É uma palestra que interessa a todas as mulheres do Brasil   e também ao homens.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s