Show com “zoo humano” banido em Londres, vem para São Paulo


Uma performance artística polêmica com atores negros em um "zoológico humano" foi cancelada em Londres depois de protestos realizados na terça-feira, na sua noite de abertura.

Uma performance artística polêmica com atores negros em um “zoológico humano” foi cancelada em Londres depois de protestos realizados setembro. 2014, na sua noite de abertura.

No evento artístico, chamado Exhibit B, os atores apareciam em jaulas e presos a correntes para tratar das “repugnantes atitudes referentes à raça durante a era colonial”.( fonte BBC)

No entanto, os manifestantes consideraram a performance ofensiva e racista.

Já desde 2012, quando foi apresentada em Berlim na Alemanha,  que a peça do sul-africano Brett Bailey, causa polêmica e protestos das comunidades  negras e africanas na Europa. Os Afro-alemães assim a consideraram:

“A produção de “Exhibit B” é baseada em sua implementação na tradição colonial racista: a questão dos negros e pessoas de cor. Apesar das supostas intenções anti-racistas, Brett Bailey reproduz com o seu trabalho, a ideia dos africanos como objetos de entretenimento, conforto ou, como utilizado neste caso, a formação da “consciência” de pessoas brancas. ”

Brett Bailey pretende fazer trazer sua Performance ” Zoológica Humana” para o Brasil em 2016, e acabou nesta semana o processo de artistas negros, com conhecimentos básicos de inglês, para participarem com atores “mudos” da peça.

Dois episódios marcaram nas últimas semanas as relações das produções artísticas brasileira e a utilização do chamado “Black Face”, ou apropriação da cultura negra e suas simbologias, quando possíveis intenções antirracistas dos autores, mais revelam e reforçam o racismo mesmo que “desapercebido” dos autores do que esclarece a sociedade sobre o racismo e a necessidade de combatê-lo.

O autor de Exhibit B, foi perguntado em uma entrevista para o “Die Zeit” alemão, se o que ele estaria fazendo não seria, uma espécie de Pipi Show ( voyerysmo) para mexer com o sentimento de “vergonha” do branco.
Para os afro-alemães, ele apenas estaria repetindo os antigos zoológicos coloniais, com povos de África trazidos para Hamburgo, para agradar a burguesia branca local, só que desta vez para explorar o sentimento de culpa, mas mantendo os negros como sempre no papel de “Objetos Mudos”, passíveis de piedade, e só.

Manifestantes consideraram que a mostra ofensiva e 'cumplíce de racismo'

Manifestantes consideraram que a mostra ofensiva e ‘cumplíce de racismo’

De Paris a brasileira Fabiana Bruna Souza nos envia sua visão do que está se passando na Europa em relação à esta Performance e apela:

« Exhibit B » no BRASIL NÃO!!!

“Para quem não sabe, o mais conhecido internacionalmente como artista racista Brett Bailey, criou uma peça hedionda, condenada na Inglaterra e aqui na França; Após varias manifestações da população negra local em Londres, o povo negro conseguiu a anulação da pseudo peça, aqui em Paris, aconteceram vários confrontos com a polícia local,  participei dessas manifestações e vivi a violência do confronto, sentindo na pele como a politica francesa trata as manifestações da sua população negra : com repressão e violência.

A peça se chama « Exhibit B » e cria, “quadros vivos” de seres humanos negros em posição de inferioridade, sem voz, na posição de objetos.

Esses “quadros vivos” recriam cenas extremamente dolorosas da história da diáspora africana, e exibe o negro como coisa, da mesma velha maneira que nossos antepassados sofreram durante todo o período colonial : coisas em um zoológico humano, coisas de um show de horrores.”

“A CONVOCAÇÃO DE ARTISTAS NEGROS BRASILEIROS”

Brett Bailey, diretor teatral sul-africano, faz audição para escolher elenco brasileiro

10 de junho de 2015Sem categoria

Fonte: https://www.facebook.com/MostraInternacionaldeTeatroSP?fref=ts

A Mostra Internacional de Teatro de São Paulo – MITsp, fará uma audição para escolher atores negros para o espetáculo que será apresentado na MITsp 2016.

Vejam abaixo o comunicado.

Brett Bailey, diretor teatral sul-africano, faz audição para escolher elenco brasileiro.

O diretor sul-africano Brett Bailey fará uma audição com atores brasileiros nos
dias 23 e 24 de junho de 2015, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo, para
montagem de espetáculo inédito no Brasil, que será apresentado na MITsp – Mostra Internacional
de Teatro de São Paulo, em março de 2016.
Serão escolhidos 14 atores (entre homens e mulheres) e as inscrições serão no período de 10 a 19 de junho
de  2015, pelo email secretaria@mitsp.org – com envio de currículo e fotos. Os selecionados
para a audição serão contatados por email no dia 21 de junho.

Requisitos necessários: a montagem requer atores e atrizes negros, com idade superior a 20 anos
e com conhecimentos básicos de inglês.

 

 

Anúncios

5 pensamentos sobre “Show com “zoo humano” banido em Londres, vem para São Paulo

  1. Pingback: Show com “zoo humano” banido em Londres, vem para São Paulo - Geledés

  2. Pingback: « Exhibit B » no BRASIL NÃO!!! |

  3. Posso fazer uma pergunta/crítica?

    Teve um filme que eu vi que é muito ruim, mas esse filme mostra fatos sobre a escravidão que eu, que me considero uma pessoa esclarecida, não sabia, nem nunca parei pra pensar. O nome do filme ´”Quanto vale ou é por quilo” O filme é ruim de embrulhar o estômago, mas estas partes sobre a escravidão são o tipo de coisa ‘todo mundo deveria ver’

    Quando eu olho as imagens dessa peça eu me lembro dos relatos do filme. Então eu não entendi muito bem qual o problema. Mostrar os absurdos que aconteceram na escravidão não é uma forma das pessoas refletirem sobre o movimento negro?

    Qual é o problema da peça? É a falta de dialogo?

    Pesquisando sobre o Brett Bailey em português, eu não achei muita coisa fora comentários sobre essa peça. O que ele fez de racista?

    • “Quanto vale ou é por quilo” foi feito para embrulhar, mesmo, o estômago de quem acredita nas boas intenções de certas “entidades de assistência social”. Que bom que consegue.
      Quanto à peça em questão, sinto mais ou menos o mesmo que você: chocar pode ser um modo muito eficiente de denunciar; e, na falta de mais informações sobre o autor, fico pensando que ele está sendo julgado – ou precondenado, como parece estar na moda – por essa e só por essa peça (que ninguém, aqui, ainda, sequer viu).

  4. Sinceramente sou a favor dessa performance vir ao Brasil. Acho um mal necessário, em um país com um racismo velado, só após ver coisas como essa é que o Negro vai se inflamar e começar a lutar contra o racismo. Só com sangue nos olhos o Negro vai perceber qual é a real visão que se tem dele.
    Hoje somos cordeiros e a cada dia o lobo acaba com um de nosso rebanho, mas chegou a hora de atacar a matilha deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s