EM CORUMBÁ, IGUALDADE RACIAL REFORÇA APOIO ÀS COMUNIDADES QUILOMBOLAS


Leomar Alves Rosa*SONY DSC

Corumbá (MS) – Dar maior visibilidade e estreitar a relação do poder público gerando benefícios para as comunidades. Foi nesse sentido que a Subscretaria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial e Cidadania (Subpop), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho (Sedhast), teve ação em Corumbá, no sábado (11), no evento Escambo Cultural e também visitou Comunidades Quilombolas e entidades sociais do município.

Segundo dados oficiais do último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 71% da população de Corumbá se considera negra ou parda. A cidade possui duas comunidades quilombolas reconhecidas e mais quatro estão em processo de reconhecimento pela Fundação Palmares, fato esse que gera a legalização do território dando o acesso oficial a serviços como água, esgoto e energia elétrica, além do reconhecimento cultural.

O subsecretário da pasta, Carlos Versoza, juntamente com a coordenadora, Lecir Marques e o técnico Rodrigo Nogueira, em visita as comunidades quilombolas Família Osório e Família Campos Corrêa, puderam ver de perto as necessidades dos moradores, como por exemplo, a falta de coleta regular de lixo, e assim irão estabelecer parâmetros de ação do poder público em benefícios dos mesmos, até mesmo no reconhecimento de novas comunidades.

Segundo Carlos Versoza, a Subpop atuará de maneira a dar o máximo de apoio para o desenvolvimento pleno dessas comunidades. “Nós vamos trabalhar, em todo o MS, para que essas comunidades saiam da invisibilidade perante a sociedade e que possam realmente ter o seu papel reconhecido, com o atendimento as suas necessidades mais básicas e ainda com apoio do Estado em cursos de qualificação e orientação técnica. Vamos reunir as demandas e dar os encaminhamentos necessários também em parceira com outras secretarias e órgãos federais”, disse.

Carlos Versoza e o presidente da Comunidade Quilombola Família Osório

José Rosa Rodrigues, presidente da Comunidade Quilombola Família Osório, diz que essa aproximação do Estado é inédita e acredita que será muito positiva. “Aqui nós plantamos para sobreviver e é da terra que tiramos a maior parte do nosso sustento. Com esse apoio que nós teremos daqui para frente, acredito que as condições vão melhorar e poderemos ter acesso a mais conhecimento e aos projetos que beneficiarão a nossa comunidade”, ressaltou. Ainda segundo Rodrigues, a maioria das 13 famílias da sua comunidade não possui outra renda fora da agricultura familiar.

Escambo Cultural – O Escambo Cultural reuniu diversas lideranças do movimento negro do Estado, do país e autoridades municipais, nos dias 10 e 11 de abril em Corumbá, no auditório do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), no Porto Geral.

SONY DSCCarlos Versoza e Lecir Marques em fala no Escambo Cultural

Segundo o organizador do evento, Lamartine dos Santos, capoeirista do grupo Cordão de Ouro, o Escambo Cultural tem o objetivo de definir os conceitos de políticas de inclusão social, apresentando diagnósticos e apontando os desafios a serem enfrentados em cada área desses atores urbanos, formulando diretrizes gerais, bem como a estruturação de intervenções por meio de estratégias que agrupam tematicamente os planos de ação para a classe da capoeira, programas, projetos e ações a serem implementadas a curto, médio e longo prazo, dando uma continuidade para esses profissionais.

Em sua fala no evento, o subsecretário Carlos Versoza destacou a mobilização na cidade e ainda reforçou a ideia de colocar o evento no calendário oficial de Mato Grosso do Sul.

*Leomar Alves Rosa (Assessoria Vice-Governadoria e Sedhast)

Fonte reblogada: notícias,ms

Mamapress/Radio Mamaterra pesquisa: Paulo Roberto Diop dos Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s