Jogador vítima de racismo pisa na bola. Negou-se a dar queixa do crime. A racista que o chamou de macaco, tem nome e sobrenome.


por Cosme Rimoli do original R7

Aranha não quis formular uma queixa no Jecrim (Juizado Especial Criminal) do estadio gremista. Não quis registrar formalizar a acusação das ofensas racistas que sofreu. Não quis comprar briga com a torcida de um clube. E por acreditar que não ‘levava a nada’.

instagram

Patricia Moreira acompanhado do boneco que imita macaco

 

Não foi a primeira vez que Patricia Moreira comparou um jogador negro a um macaco. Tinha experiência e se orgulhava e racista comparação. No seu Instagram mostrava para amigos, e quem quisesse ver, um macaco de pelúcia com a camisa do Internacional. Fazia cara de asco olhando o que segurava nas mãos. Colocava a língua para fora da boca como se fosse repelente o boneco.

Loira, cabelo liso, aparelho nos dentes, 22 anos. Patricia é filha da classe média gaúcha. No Sul é muito comum mulheres frequentarem estádios. Mas infelizmente, essa torcedora levou para as cadeiras da arena gremista o pior. O ranço de preconceito que ainda domina uma parcela infelizmente significante deste país.

E o futebol acabou sendo o palco escolhido por Patricia e vários outros torcedores gremistas para expor o pior de seu caráter. Mostrar que para ela as pessoas são diferenciadas pela cor da pele. E que faz questão de revelar ao mundo o que pensa em um estádio de futebol. Acolhida por outros racistas, seus gritos de ‘macaco, macaco, macaco’,flagrados pelas câmeras da ESPN, são normais.

Os gritos da nobre torcedora loira foram dirigidos ao mineiro Mário Lúcio Duarte Costa. Seu pecado não era ser o goleiro Aranha do Santos. Mas ser negro. A cada defesa, na vitória santista por 2 a 0 diante do Grêmio, novas ofensas. Ao final da partida, o desabafo.

“Da outra vez que a gente veio jogar, estava passando campanha contra o racismo no telão, não é por acaso. Eu estava no gol, xingar, pegar no pé, normal. Me chamaram de preto fedido, cambada de preto.

“Começou aquele corinho de macaco. Eu pedi para o cinegrafista filmar, mas ele não filmou. Quando decidiu, já tinham xingado. Eu fico puto, desculpe o palavrão. Dói, dói. Quando me chamaram de preto, eu não me ofendi porque sou preto sim, sou negão sim. Sempre tem alguns racistas aqui no meio.”

A partir daí, Aranha também errou. Ele não quis formular uma queixa no Jecrim (Juizado Especial Criminal) do estadio gremista. Não quis registrar formalizar a acusação das ofensas racistas que sofreu. Não quis comprar briga com a torcida de um clube. E por acreditar que não ‘levava a nada’.

 

Nota da Mamapres: Não sabemos o que nos ofende mais, se o ato racista de Patricia Moreira, ou se a covardia e medo de dar queixa ,do jogador Mário Lúcio Duarte Costa, mais conhecido como  goleiro Aranha, apelido que ganhou pela sua eficiência em defender as bolas em direção ao gol.

Aranha ainda tem tempo de pensar, voltar atrás e registrar queixa. Caso não fizer, que o MP o faça, pois Patrícia Moreira realizou um ato público de ofensa a todo um grupo da sociedade.

Caso Aranha enfie como avestruz a cabeça debaixo da terra racista, será um mal exemplo a todos os negros do Brasil que lutam para que ninguém mais seja vítima de racismo.

Acorda Aranha ou vai levar de 7 a 1 dos racistas de plantão. Racistas que estimulados pela sua omissão da próxima vez vão cuspir na sua ou na cara do próximo que encontrarem pela frente.

Esta mulher racista carrega uma fera dentro dela. Cuidado!

Anúncios

Um pensamento sobre “Jogador vítima de racismo pisa na bola. Negou-se a dar queixa do crime. A racista que o chamou de macaco, tem nome e sobrenome.

  1. Pingback: Nota de esclarecimento da Mamapress: Aranha deu queixa da agressão racial que foi vítima nesta sexta-feira à tarde. | Mamapress

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s