Frente Quilombola denuncia deputados Heinze e Moreira ao Ministério Público Federal


A Frente Quilombola do Rio Grande do Sul encaminhou hoje (12) denúncia ao Ministério Público Federal contra os deputados Luiz Carlos Heinze (PP) e Alceu Moreira (PMDB), por incitação ao ódio contra quilombolas e indígenas e declarações ofensivas também contra gays e lésbicas. A seguir, a íntegra da representação:

rsurgente

moreiraeheinze

A Frente Quilombola do Rio Grande do Sul encaminhou hoje (12) denúncia ao Ministério Público Federal contra os deputados Luiz Carlos Heinze (PP) e Alceu Moreira (PMDB), por incitação ao ódio contra quilombolas e indígenas e declarações ofensivas também contra gays e lésbicas. A seguir, a íntegra da representação:

A Frente Nacional em Defesa dos Territórios Quilombolas-RS, Quilombos da Família Machado, Quilombo da Família Fidelix, Quilombo de Candiota,Quilombo de Morro Alto, Quilombo da Família Silva vem por meio desta, e por intermédio de seus procuradores infra-assinados requerer o que segue: Os ora denunciados, em Audiência Pública realizada no Município de Vicente Dutra, consoante comprova o vídeo em anexo, proferiram perante plateia de “produtores rurais” , ofensas à quilombolas , indígenas e homossexuais , inclusive incitando a violência armada contra esses povos, que categoricamente são sujeito de Direitos , conforme previsto em nossa Vigente Carta Magna através dos artigos 231 e…

Ver o post original 799 mais palavras

Anúncios

Um pensamento sobre “Frente Quilombola denuncia deputados Heinze e Moreira ao Ministério Público Federal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s