APROVAÇÃO DOS EMBARGOS INFRINGENTES, OS POLITICOS E A SOBERANIA POPULAR.


578px-F-22_Raptor_bottomAPROVAÇÃO DOS EMBARGOS INFRINGENTES, OS POLITICOS E A SOBERANIA POPULAR.

Por Reginaldo Bispo.  (Reginaldo Bispo – MNU de Lutas, Autônomo e Independente.)

Queria não discorrer sobre esse assunto, agora leite derramado….Mas já vai longe, mesmo que apenas 02 meses,  o tempo em que a voz das ruas deixou de ser ouvida pelos homens e mulheres que exercem os poderes do Brasil.

Nesse curto espaço de tempo, apertou a criminalização dos movimentos sociais, com o uso de uma legislação cada vez mais draconiana. Cresceram os crimes e os poderes das policias militares contra os manifestantes, com governadores fazendo as próprias leis, e o ministério publico pedindo condenações pelo viés mais rígido contra centenas de manifestantes por todo o Brasil.

É preciso entender a partir de qual momento  exatamente isso se inicia, quando saem de cena as manifestações de junho, e inicia-se uma nova fase das manifestações, quando entram em cena as populações das periferias, a juventude excluída,  o povo sem eira, beira, berço, emprego ou direitos….

À sucessão de repressão, violência, desaparecimentos, e constatações filmadas e fotografadas destas práticas, trazem também as decisões contrarias ao que é denunciado nas manifestações desde junho. Fazendo vistas grossas às pressões populares, o senado aprova o voto secreto só para as cassações de mandatos;  Mantem o mandato de deputado julgado, condenado e preso, sob acusação de roubo; Manobra com uma reforma politica, onde é mantida as contribuições de empresários, sem limites para contribuições e gastos.

A presidente da republica fazendo de contas que agiu com independência em relação ao governo americano, no episodio da ingerência das agencias de espionagem americanas, contra a Petrobrás e a sua própria correspondência.

Agora, a maioria do STF acolhe os recursos de embargos infringentes que podem livrar, intocáveis nobres políticos, inicialmente do PT e da Base, mas futuramente de todos deles, desde que disponham de respaldo politico no poder. Acabou a brincadeira, todos eles mostraram quem manda de fato.

Não esquecer que para isso, vale qualquer método, desde a pressão politica, via mídia burguesa e alternativa, passando por todo tipo de acordos, até voto de prováveis “impedidos”, Teori Zavascki e Luiz Roberto Barroso que não participaram da primeira parte do processo, com posse nos dois últimos meses, que assim mesmo, abraçaram a bandeira e a levantaram bem alto: Qualquer coisa para protelar, para impedir a continuidade e para livrar tais ex-e-futuras autoridades de qualquer constrangimento, será tolerada e perseguida.  Direito que jamais relevados aos mortais contribuintes que pagam seus privilégios e mordomias, além dos ilícitos, é claro.

Como acreditar em instituições cujos membros dirigentes elaboram e interpretam as leis a seu bel prazer em beneficio próprio? Que Republica é essa, cujos administradores confundem o publico com o privado, tirando proveitos e proventos pessoais de suas posições, o tempo todo?

Que conceito de democracia é esse em que as elites e os políticos, enriquecem atribuindo-se as próprias leis, vantagens e ganhos, quando o negam aos demais cidadãos, sob a alegação de receio de quebra do estado, enquanto a maioria sobrevive com menos do que o mínimo para a existência humana?

Mentem despudoradamente afirmando que acabaram com a pobreza, alçaram e os promoveram à classe média, omitindo uma crise que dia após dia aproxima-se do seu ápice, colocando a nu toda mentirada e maracutaia.

São os pactos que as elites constroem entre si e contra o povo. Pactos para perpetuação do status quo, de modo que ninguém seja punido por seus malfeitos. De políticos, funcionários e governantes para locupletar o povo.

Pacto da grande e conivente e da pequena e lacaia mídia, das oligarquias, e das classes médias, que mesmo tendo informações,  fazem composições sem princípios, desde que se beneficiem.    É o jogo oportunista, de cartas marcadas, a atitude de D. Dilma, tentando mostrar-se, à opinião publica brasileira, independente do Sr. Obama, negando-lhe uma visita, não sem antes consulta-lo, pra ver se esta tudo bem pra ele!

A presidente do Brasil, além de recolocar a nação na esfera de influencia dos quintais tradicionais dos EUA, finge autodeterminação, mas torce ansiosamente pelo aumento das compras dos americanos no Brasil, para salvar seu segundo mandato.  Persegue,   se não o voto dos gringos, que sabe impossível, ao menos o apoio dos lobistas judeus junto a Casa branca, a não obstrução ou veto na obtenção de uma cadeira permanente, no conselho de Segurança da ONU.

Esse é o jogo de gato e rato, do faz de contas, “que faz justiça”, e livrando corruptos de todos seguimentos e partidos, do governo ou da oposição. Fingem-se indignados, que horam a própria soberania, mas negociam o conteúdo, de modo que não atrapalhe seus propósitos e interesses.

Não tenho bola de cristal, mas não duvidem: É possível que muito em breve veremos voando por aqui, modernos caças supersônicos de fabricação americano, sob os quais não nos permitirão dominar as tecnologias, bisbilhotando o espaço geográfico e econômico brasileiro. O pior é nossa, e as gerações futuras, pagarão varias vezes, pela violação da nossa soberania. Cpn, 17/09/2013.

TEXTOS, VÍDEOS E FOTOS ASSINADAS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS AUTORES

Anúncios

Um pensamento sobre “APROVAÇÃO DOS EMBARGOS INFRINGENTES, OS POLITICOS E A SOBERANIA POPULAR.

  1. Pensando melhor, qual seria o titulo ideal para esse texto? -Do Céu à terra Dilma é um farsa, com congresso, STF e tudo! ou -O leite derramado dos infringentes, e o jogo de cena com Obama, levarão Dilma à e salvar todos os corruptos do Brasil e comprando os bombardeiros, legitimar a bibislhotagem fascista dos EUA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s