Mais um preso político negro. Agora em Belo Horizonte. A primeira tortura na prisão é rasparem nossos cabelos africanos!


Notícia enviada por Markin Cardoso-BH
Alô OAB quando um Rasta é preso, a primeira tortura e agressão no resídio é cortarem os seus cabelo. É Constitucional?
Mais um Dudu é preso por motivos políticos, agora em Belo HOrizonte
É Markim Cardoso, tenho avisado, o racismo está recrudescendo.
Cortar os cabelos de nós negros é uma ação secular dos escravocratas e racistas.
Não querem só nos bater, querem capturar nossa alma.
Agora proibem máscaras, mas nosso ativismo e cabelos negros estão proibidos há muto tempo.
É de se perguntar à OAB Nacional. É legal se cortar à força os cabelos que fazem parte de nosso corpo e são a nossa identidade?
Pode-se entrar na justiça por indenização por danos morais e físicos?
Marcos RomãoLeonardo Martins

Por Markin Cardoso
O companheiro Leonardo Martins foi detido e espancado covardemente por dezenas de policiais militares, na manhã de ontem, 7 de setembro, na Praça da Liberdade, durante a manifestação anti-militarista. Léo foi atacado por cerca de 6 policiais (TODOS BRANCOS) que o espancaram com cacetetes. Léo, muito ferido, foi arrastado pelos seus dreads e torturado por minutos à fio, até ser colocado dentro de uma viatura que se evadiu do lugar sem dar mais informações.

Leonardo ficou desaparecido por horas, sem direito à advogado ou contato com amigxs e familiares. À noite descobrimos que ele estava na delegacia do edifiício JK em Belo Horizonte, junto à outros 60 presxs. A maioria dxs presxs foi liberada durante a madrugada, mas 16 deles continuam presos e estão sendo indiciados por “formação de quadrilha”, “desacato a autoridade’ e “resistência a prisão”, Léo está entre esses.

Essas acusações que partem da PMMG, são mentiras absurdas e nós sabemos muito bem que Leonardo está sendo preso porque é um NEGRO LUTADOR!

Léo é estudante de história na UFMG e é militante ativo no movimento negro de Minas Gerais. Participa do Coletivo de Estudantes Negros da UFMG, o CEN, e sua prisão, tortura e espancamento arbitrários foram e são ATOS EXPLÍCITOS DE RACISMO dos policiais (QUE ERAM TODOS BRANCOS) que o prenderam.

Leonardo está preso agora no CERESP, ONDE TEVE SEUS DREADS CORTADOS À FORÇA, e está em quarentena. O que significa que não poderá receber visitas durante 30 dias.

Solicitamos a ajuda de TODXS para contactar advogados e pressionar a defensoria pública. O nome da defensora pública que esteve no local é Maria Auxiliadora e seu celular: 8488-2254.

É PRECISO MUITA MOBILIZAÇÃO PARA EXIGIRMOS A LIBERDADE DXS NOSSOS COMPANHEIRXS PRESXS!

LIBERTEM NOSSXS PRESXS POLÍTICXS!
TODO CAMBURÃO TEM UM POUCO DE NAVIO NEGREIRO!
PELO FIM DA PM FASCISTA E RACISTA!

Anúncios

9 pensamentos sobre “Mais um preso político negro. Agora em Belo Horizonte. A primeira tortura na prisão é rasparem nossos cabelos africanos!

  1. Pingback: Black militant savagely beaten and has dreadlocks cut off by police during Independence Day protests | Black Women of Brazil

  2. Pingback: LISTA DE PESSOAS MORTAS E FERIDAS NO BRASIL EM MANIFESTAÇÕES | ORLANDO ORÁCULO

  3. Pingback: Para que outras mortes também sejam lembradas. | Autogestao.org

  4. Pingback: Para que outras mortes também sejam lembradas. | Rebaixada

  5. Pingback: ANONYMOUS DIVULGA LISTA DE MORTOS E FERIDOS EM MANINIFESTAÇÕES PELO BRASIL | REDECARATINGUENSENEWS

  6. Pingback: Mortos e feridos em protestos – Só para lembrar | Mundo de Oz

  7. Pingback: Mortes e feridos em manifestações | #ditadurarj

  8. Pingback: For other deaths are also remembered. | Rebaixada

  9. Pingback: #NãoVaiTerLiberdade | Comitê Popular da Copa de São Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s