Joaquim Barbosa, nós estamos preparados para sermos Presidente Negro.


por Marcio Ogbe Ate Gorun Gualberto 
Awô ni Orunmila – Ifanil

zumbi nas ruas“Que o Joaquim se inviabilize tudo bem, é direito dele. Mas sua afirmação é lastimável. Lula em algum momento pensou que o Brasil não estava preparado para um presidente metalúrgico? Dilma se perguntou se o país estava preparado para uma presidente mulher? Lula e Dilma foram lá, meteram a cara e venceram os pleitos. No caso do Lula, depois de perder três vezes.

Penso sim, que Joaquim não está preparado para ser presidente. Suas qualidade intelectuais e jurídicas não correspondem às suas qualidades pessoais. Há um histórico de agressão à ex-mulher, não é simpático no trato pessoal, demonstra desequilíbrio quando contrariado. Ou seja, não é o tipo de sujeito que se chama para um choppinho no fim do dia. Mas Dilma também não e foi eleita e com uma votação absurda. Tudo bem que na onda do Lula, mas que foi, foi.

Quando ele afirma que o país não está preparado para um presidente negro ele recua e dá um tirombaço não apenas em seu próprio pé, mas no de todos nós que lutamos contra o racismo e pelas políticas de ações afirmativas. Pois se há bolsões de racismo (e aí signficativamente há uma alteração na terminologia, pois antes se falava de um país racista, e agora se fala de bolsões) é sinal mais que concreto que temos avançado cada vez mais para superar esta que é uma das grandes chagas abertas da sociedade.

Joaquim, o país está preparado, sim, para um presidente negro e se você não se candidata, tudo bem, eu apresento o meu nome, apresento o nome de pelo menos 50 homens e mulheres negras que podem não ter o nível de preparo acadêmico ou de conhecimento pela população que você tem, mas que jamais, em tempo algum fugiriam à luta, como nunca fugimos, em todas as nossas vidas.”

Marcio Ogbe Ate Gualberto
Awô ni Orunmila – Ifanilorun

Nota da redação: As manifestações de ruas dos últimos meses( últimos anos para quem observa daqui de baixo no meio do povo brasileiro-Belo Monte e Renan Calheiros são bons exemplos), revelaram que a classe política não está preparada para seus eleitores. Autoridades judiciárias, administrativas e militares também se incluem neste saco minúsculo, mas poderoso, dos políticos que comandam atualmente  o Brasil. Estão todos distantes das ruas e nem de longe sabem o que construímos.

Toda posição na estrutura do poder no Brasil, ou qualquer lugar do mundo é politica. O Poder Judiciário não está fora disto, aliás o poder judiciário é o fulcro, o cerne do mantenimento do poder político e das formas de exercê-lo no Brasil. Nem os militares se esqueceram, em terem sempre um jurista de plantão, para auxiliá-los nas elaboração de seus atos discricionários. No silêncio todos os jurisconsultos que cometeram os sibilinos “crimes da caneta” foram anistiados. Entre eles, todos os que assinaram atos tomando terras de indígenas, negros e pobres pelo Brasil afora.

Mas estamos em 2013, muita água já rolou debaixo do rio. Temos dezenas, se não centenas de indígenas e negros muito bem preparados para serem presidente do Brasil. Não serão os mestres sabe-tudo, serão os sábios em escutarem o povo brasileiro, para que tomemos os caminhos desejados. Nós negros e negras  brasileiras estamos preparados para sermos presidente. Creio que os Povos Indígenas podem falar o mesmo.

Antes de tudo, nós o povo brasileiro, estamos para lá de preparados para termos um presidente negro. Nós nos representamos.(marcos romão)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s