Afropress informa:Ameaças de rede racista criminosa paralisa aulas na UnB


Ameaças de rede racista criminosa paralisa aulas na UnB
Por: Redação – Fonte: Afropress – 13/4/2012

Brasília – As ameaças do bando racista e neonazista, que segundo a Polícia Federal tem ligações com o ex-estudante Marcelo Valle Silveira Mello e com o empresário Emerson Eduardo Rodrigues – presos em Curitiba, desde o dia 22 do mês passado – provocaram a paralisação das aulas em pelo menos cinco Departamentos da Universidade de Brasília (UnB), nessa sexta-feira (13/abril).

A ameaça da explosão de uma bomba nas dependências da instituição, fez com que a Reitoria da UnB acionasse as Polícias Civil, Militar e Federal. Uma equipe do Bope fez uma ronda preventiva pela manhã no Instituto Central de Ciências (ICC), porém, nada foi encontrado. Policiais federais permanecem no campus à paisana.

Silveira Mello é o mesmo que, além de ameaças de morte aos jornalistas de Afropress, manteve por, pelo menos três anos, ataques sistemáticos ao veículo, desencadeando uma campanha terrorista que foi denunciada nacional e internacionalmente. Ele já tem condenação por fazer proselitismo racista na Rede Mundial de Computadores.

Segundo o advogado Renato Borges Rezende, que acompanhou voluntariamente o caso representando a ONG ABC sem Racismo, o ex-estudante lidera uma rede criminosa que prega a morte de negros, judeus e nordestinos. ”É preciso que a Polícia Federal desbarate essa gangue criminosa que não pode ficar livre, nem atuar à vontade como vinha fazendo em pleno Estado Democrático de Direito”, afirmou.

A Polícia encontrou R$ 500 mil na conta de Silveira Mello e está investigando a origem do dinheiro. Uma das hipóteses é que seja fruto da doação de simpatizantes.

Os presos também teriam, de acordo com a Polícia, apoiado a ação de Wellington Menezes de Oliveira que, em abril de 2011, atirou em alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio, matando doze crianças e ferindo outras dez. Os dois contaram que teriam sido procurados pelo assassino para orientá-lo sobre como proceder na ação criminosa.

Aulas suspensas

Professores de pelo menos cinco Departamentos decidiram suspender aulas por causa das mensagens com alerta de que haveria um ataque à Universidade.

Preocupada, a Reitoria acionou as Polícias Militar, Civil e Federal e uma equipe do Bope fez uma ronda preventiva pela manhã no Instituto Central de Ciências (ICC), sem nada encontrar. Os policiais federais permaneceram durante todo o dia à paisana no campus.

Os primeiros a serem dispensados foram os alunos dos cursos de Administração, Psicologia, Sociologia, Comunicação e Ciência Social. Os funcionários do Departamento de Psicologia também suspenderam os atendimentos.

“Felizmente hoje eu não tenho aula, mas tenho compromisso na universidade e estou receosa. O centro acadêmico do curso de Ciência Sociais foi fechado desde ontem [quinta] por medo”, disse uma estaudante que não quis se identificar.

Rede criminosa

Segundo a Polícia, mesmo depois da prisão em Curitiba no mês passado, sob a acusação de incitarem a violência contra negros, homossexuais, mulheres, nordestinos e judeus na Internet e de publicarem ameaças contra alunos da UnB, mensagens de violência contra estudantes da instituição continuaram sendo postadas.

Nota oficial

Em Nota Oficial a Reitoria da Universidade informou que a vigilância no campus Darcy Ribeiro foi reforçada.

“Contactadas pela Administração Superior, as forças de segurança enviaram equipes para o campus, realizaram detalhada varredura e não encontraram nenhum indício de perigo. Como precaução, no entanto, durante todo o dia de hoje o policiamento foi reforçado na UnB e um grupo da Reitoria está destacado para acompanhar o caso. O reitor pede a todos que não alimentem boatos, informem movimentações suspeitas para os telefones abaixo e repudia ataques contra o ambiente plural, produtivo e democrático que é a UnB”, afirmou João Batista de Sousa, o reitor em exercício da Universidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s