Síndicos do inferno prometem voltar:CQC nas comemorações da ditadura militar.


Em uma reportagem que mostrou os “dois” lados o CQC mostra que ainda se pode fazer jornalismo despretensioso e eficaz no Brasil.

O repórter e comediante Mauricio Meirelles, mostra como se pode lidar corajosamente com um assunto tão sério como a tortura, desaparecidos, nazismo e comissão da verdade, sem se perder a ternura e estupefação da juventude brasileira.  Diante da amnésia política e  dacara de pau dos que querem condenar todas as gerações pós-ditadura ao desconhecimento do que se passou e as familias dos desaparecidos à eterna dor em não saberem onde se encontram os restos mortais de seus entes queridos. MR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s