Post anterior


racismo_novela

Como estou no Brasil neste momento, percebo as sutilezas do racismo global de forma mais gritante, chego a pensar que estou paranóico, quando assisto as novelas e vejo a ideologia racista da eliminação do ego negro até no último fio de cabelos. Big Brother, pretinhos otários, negros “fora do lugar” e coisa e tal, chego a parecer chato quando comento para meus amigos que já estão acostumados a tanta vilipendiação do ser humano em doses maciças e globais todos os dias. Bom saber que tem gente por aqui que também vê as coisas que percebo. Aí vai um blog, que apesar de ainda não ter matado a cobra, pelo menos mostra o pau. MR

Conexão Brasília Maranhão

Negar a existência do racismo é uma enorme contribuição para a perpetuação desse abjeto problema social.

É isso exatamente o que faz o poderoso chefão do jornalismo da Rede Globo, Ali Kamel, através do seu livro “Não somos racistas” e da orientação que impõe aos veículos do maior grupo de comunicação do Brasil.

A doutrina negacionista do Lord Ratzinger da Globo ultrapassa o jornalismo e é difundida também nos conteúdos que seriam apenas “entretenimento”. A capa do livro de Ali Kamel já foi exibida em demorado super-close durante uma novela, num ato que supera qualquer peça de merchandising e atesta o inegável papel de divulgadores ideológicos de uma  visão de mundo específica que, entre outros elementos, nega o fenômeno racista no Brasil para poder mantê-lo nas suas formas mais sutis e insidiosas, quase imperceptíveis.

O texto abaixo relata mais um caso de assassinato motivado pelo racismo. Pesquei da Sulamita Esteliam

Ver o post original 713 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s