A ministra negra da nova República.


A ministra negra da nova República.
Acho o maior barato, estar no Brasil, no momento em que a imprensa investigativa ressuscita.
A Folha, especialista em servir aos porões do SNI, descobriu, que Luiza Bairros, é uma ministra apagada.
Lembrei-me do Rogério Duarte, um delegado do Rio de Janeiro, comparsa do Flávio Cavalcante, que em em 1975 falava na televisão:” toda pessoa.  que não cheira, não fuma nem bebe, é um suspeito em potencial, observe seu filho.”
Este torturador cotumaz, informava à todas as famílias brasileiras no horário nobre:” Caso  o seu filho esteja calado, ele é um suspeito.”
12 anos de governo federal do PT. Cada vez menos ministros  negros.
A ministra mais obsnegra do governo, tem experiência em ser negra desde o tempo, em que era impossível falar-se deste assunto,  tanto para a esquerda, quanto para direita.  Preto que não fosse carregador de mala de aparelhos partidários, era coisa rara nos ministérios do Lula e Sarney.
Com a Dilma, não existem carregadoras de mala para acenderem o fogo dos churrascos na Granja do Torto Figueiredo. Até agora pelo que observo. Isto é um fato.
Como uma Simone de Bevoir, a ministra negra é intelectual e, com passado de atiivista negra, desde o tempo  em que a antiga direita nos temia, é um exemplo que a esquerda peleguista não conhecia no Brasil.
Agora ela encontra a mesma dificuldade em ser aceita que seus antecessores femininos tiveram. Com um agravante- além de ministra preta, é intelectual, no popular, uma mulher ogerizada,  pelos partidos dos homens brasileiros.

Cada preto meirinho carregador de mala, de qualquer partido. sonha em exercer o  poder desta mulher preta.
Com as mudanças ministeriais, Dilma Roussef deve perguntar-se: “encontrarei um pessoa  com este perfil?”
Eu responderia: “Mantenha, Luiza Bairros no cargo,” ajude o Brasil a construir pilares de igualdades com consciência”.
Caso a senhora Luiza, continue no cargo,, é necessário que o foverno federal, demonstre suas ações, caso não, o governo federal vai continuar desprotegendo os negros e os índios e salvarguandando as cotas dos filhos de algo brancos brasileiros..

4 pensamentos sobre “A ministra negra da nova República.

  1. Valeu Romão, concordo: vamos lutar por manter a ministra Luiza Bairros no cargo.

    Que uns e outros continuem carregando seus “malas” para longe desta estação!
    Abs, Luiza Jr.

  2. MUITO BOM O ARTIGO!
    O QUE OCORRE É QUE NÃO TEMOS A MÍDIA DO CONTRAPONTO E, POR ISSO, CONTINUAMOS SENDO ESTERIOTIPADOS COMO INCAPAZES SEM QUALQUER AVALIAÇÃO OBJETIVA. ESSA REFLEXÃO SOBRE O ARTIGO ME LEVA A UM OUTRO FATO: A DEMISSÃO DO MINISTRO ORLANDO SILVA. A COPA DO MUNDO SERÁ UMA GRANDE VITRINE E, NO PENSAR DE ALGUNS DEMOCRATAS RACIAIS, NÃO CABERIA UM NEGRO COM TANTO PODER E COM VISIBILIDADE MUNDIAL. NÃO ME REFIRO A POSSÍVEL DESVIO DE CONDUTA PORQUE NADA AINDA FOI DE FATO PROVADO CONTRA ELE. SE PELOS COMENTÁRIOS, TAMBÉM DEVERIA A MÍDIA ESTAR TORPEDEANDO PARA AFASTAMENTOS OS JUÍZES APONTADOS PELA HONRADA MINISTRA DO CNJ. MAS ELES NÃO TEM A CÚTIS PRETA, NÉ? A PRESIDENTA DILMA TEM DEMONSTRADO EQUILÍBRIO E FIRMEZA EM SUAS DECISÕES POLÍTICAS E, MAIS QUE ISSO, OUVIDO O CLAMOR DAS RUAS. FAÇAMOS OS NOSSOS CLAMORES A FAVOR DA MANUTENÇÃO DA MINISTRA E BUSQUEMOS OUTROS POSTOS NA ESPLANADA PORQUE TEMOS MUITO POUCO EM RELAÇÃO AO PERCENTUAL DE NEGROS NA FORMAÇÃO DA POPULAÇÃO “MISCIGENADA” CUJO TOM DO EMPODERAMENTO É MUITO LEITOSO PARA QUEM TANTO FALA EM IGUALDADE.
    AFINAL, QUEM PODE EM RESPONDER QUAL A COR DA MÍDIA BRASILEIRA?
    A MÍDIA TEM QUE DAR ESPAÇO PARA A MINISTRA MOSTRAR A SUA “INCAPACIDADE” E TODOS VEREMOS UMA ENORME LUZ DE COMPETÊNCIA E DOMÍNIO DO TEMA E DE OUTROS, COM CERTEZA.
    O CEGO, POR CONVENIÊNCIA NÃO ENXERGA PORQUE NÃO QUER VER. PREFERE INFERIR E IRRESPONSAVELMENTE CRIMINALIZAR JULGAR OU PUNIR SUBJETIVAMENTE COMO A LEVIANDADE PERMITE.

  3. Conheci pessoalmente a Ministra Luiza Bairros no Fórum Mundial Temático, em Porto Alegre tive a sensação pela 1ª vez de estar diante de gente com a gente. Pessoa séria,que fala, sem rodeios, do que realmente deve ser o nosso foco. O nosso foco é e sempre foi,demonstrar a nossa união, pressão e mais pressão por igualdade de direitos, elaboração bons e objetivos projetos a serem levados até as instância governo e não vacilar em horas como essa.
    A Ministra ouviu a todos e todas e foi contundente numa fala que transmito aqui (da forma de como entendi): “Ministros e Ministras são todos pressionados e podem também cair. Acontece que para o branco, isso não faz muita diferença, a vida continua, logo ele é substituido e a vida continua. No nosso caso, quando uma ou um Ministra ou Ministro negro cai, caimos todos nós, pois é a nossa única representação a dar voz a nossa luta” por um SORRISO NEGRO, UM ABRAÇO NEGRO, LÁ NO PLANALTO,com raríssimas, raríssimas mesmo, exceções!

  4. O Lula falou em entrevista que a Seppir tinha um orçamento irrisório. Não vejo vontade política nos governos petistas de atacar de frente a espinhosa questão racial, o que não é novidade, vide a capitulação no epísódio farsesco do Estatuto. A Sueli Carneiro (Geledés), afirmou em entrevista à Caros Amigos que: “Entre a esquerda e a direita continuo preta.” Bingo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s